Créditos tributários diversos

Publicado por Javier Ricardo

O QUE SÃO créditos fiscais diversos


Os créditos fiscais diversos são um grupo de créditos fiscais menos comuns que se aplicam aos contribuintes em várias situações.
Como acontece com todos os outros créditos fiscais, os créditos fiscais diversos são projetados para recompensar e promover certos tipos de atividades econômicas, como a compra de automóveis híbridos, ou para recompensar aqueles que tomaram medidas para tornar suas casas mais eficientes em termos de energia. Portanto, diversos créditos fiscais estão sujeitos a alterações conforme o código tributário muda e diferentes conjuntos de comportamentos são recompensados ​​ou desencorajados.



2:32


Deduções fiscais vs.
Créditos tributários

DIVIDINDO créditos fiscais diversos


Os créditos tributários diversos referem-se a uma categoria de créditos tributários oferecidos aos contribuintes que realizam determinadas ações para se qualificar para eles.
Existem vários créditos fiscais diversos disponíveis, incluindo o Crédito de Juros Hipotecários para compradores de casa pela primeira vez com rendimentos abaixo de um determinado montante, o Crédito Fiscal Mínimo Alternativo do Ano Anterior para contribuintes que pagaram o Imposto Mínimo Alternativo (AMT) no ano anterior, o Crédito de imposto estrangeiro para contribuintes que pagaram imposto a um país estrangeiro por vários motivos e o Crédito de veículo elétrico qualificado para contribuintes que compram um veículo elétrico ou de combustível alternativo.
   


A maioria dos créditos tributários diversos não são reembolsáveis, o que significa que podem reduzir o valor que o contribuinte é obrigado a pagar à Receita Federal (IRS) em impostos, mas se os créditos tributários diversos reduzem a carga tributária a ponto de darem o crédito do contribuinte, este valor não pode ser devolvido ao contribuinte.
As exceções a essa regra são o crédito por excesso de impostos da Previdência Social que foram retidos na folha de pagamento do contribuinte, porque se trata de dinheiro real que o contribuinte deveria ter recebido, e o crédito para benefícios de aposentadoria da ferrovia que foram retidos, porque esses benefícios são não deveria ser tributado, então o contribuinte deveria ter recebido o valor total desses benefícios.
 

Créditos fiscais diversos versus deduções fiscais diversas


Os créditos fiscais diversos são aplicados após o rendimento do contribuinte e o passivo fiscal serem calculados, e eles subtraem o valor do crédito diretamente do valor do imposto devido ao contribuinte.
Em contraste, as deduções fiscais diversas são subtraídas da receita do contribuinte e afetam a receita tributável total, que é usada para calcular o passivo fiscal do contribuinte. Os créditos fiscais são comumente referidos como após os impostos, enquanto as deduções fiscais são referidas como antes dos impostos. Podem ser tomados créditos fiscais diversos, desde que o contribuinte se qualifique para o crédito. As deduções fiscais diversas só podem ser feitas se o total das deduções for superior a 2% da receita bruta do contribuinte.