Definição de Robert F. Engle III

Publicado por Javier Ricardo

Quem é Robert F. Engle III?


Robert F. Engle III é econometrista e professor de economia na New York University.
Engle ganhou o Prêmio Nobel de Economia em 2003, junto com Clive WJ Granger, por sua análise de dados de séries temporais com volatilidade variável no tempo. A volatilidade variável no tempo é a flutuação ao longo do tempo do valor dos instrumentos financeiros, e as descobertas de Engle das variações nos níveis de volatilidade desses instrumentos tornaram-se ferramentas cruciais para pesquisadores e analistas financeiros. O modelo que ele desenvolveu é denominado heteroscedasticidade condicional autorregressiva (ARCH).


Principais vantagens

  • Robert Engle é econometrista e professor de economia na Universidade de Nova York que compartilhou o Prêmio Nobel de Economia em 2003.
  • Engle é mais conhecido por seu desenvolvimento de modelagem e testes de heteroscedasticidade condicional autoregressiva (ARCH).  
  • Seu trabalho em ARCH, análise de cointegração e outras técnicas econométricas de série temporal ajudou a fundar o campo da econometria financeira, que forma a base de grande parte da prática financeira quantitativa moderna. 

Vida e carreira


Robert F. Engle III nasceu em 1942 em Nova York e obteve seu Ph.D.
em economia pela Cornell University. Ele lecionou no Massachusetts Institute of Technology, na University of California em San Diego e na New York University.


Originalmente, a atividade acadêmica do Dr. Engle era a física (junto com seu doutorado em economia, ele também obteve um mestrado em física na Cornell), mas seu amor pela economia o levou a uma carreira de pesquisa e ensino na área.
Ele credita Ta Chung Liu, seu ex-conselheiro na Cornell, por ter se fundamentado em econometria, além de despertar um interesse intelectual na análise das relações entre diferentes escalas de tempo para modelagem econômica. 


Uma curiosidade sobre o homem: Engle começou a patinar no gelo como hobby enquanto estava no frio interior do estado de Nova York e desenvolveu essa paixão em níveis elevados de habilidade, participando de inúmeras competições nacionais de patinação para adultos.
Ele e seus parceiros ficaram em segundo lugar na dança no gelo em 1996 e 1999.

Contribuições


Engle é mais conhecido por seu desenvolvimento do ARCH, pelo qual recebeu o Nobel.
Ele também fez um trabalho considerável em modelagem econométrica para economia urbana. Junto com Clive Granger, ele ajudou a desenvolver uma modelagem econométrica de séries temporais e testes de cointegração entre as séries. Mais tarde, ele estendeu essas técnicas econométricas para ajudar a fundar o campo da econometria financeira.

Economia Urbana


O trabalho inicial de Engle foi em economia urbana no MIT, onde ele fez parte de uma equipe que desenvolveu um elaborado modelo econométrico da economia da região de Boston.
Ele publicou vários artigos sobre a aplicação de modelagem econométrica à economia urbana para apoiar o planejamento urbano e a reconstrução com ferramentas estatísticas objetivas, o que era uma abordagem nova na época. 

ARCO


Engle desenvolveu o ARCH para modelar a volatilidade variável no tempo da inflação, preços e salários para testar uma teoria de Milton Friedman, segundo a qual os ciclos econômicos podem ser explicados com base nas mudanças ao longo do tempo na incerteza das pessoas sobre a inflação.
Na modelagem ARCH, a variância do termo de erro é modelada como uma função de seus próprios valores anteriores; se os testes desse modelo mostram uma relação significativa entre a variância e seus valores passados, isso indica que os dados em questão apresentam alguns períodos de alta volatilidade e outros períodos de relativa calma. O Comitê Nobel concedeu o prêmio ao Dr. Engle, afirmando que “seu método (ARCH) poderia, em particular, esclarecer desenvolvimentos de mercado onde períodos turbulentos, com grandes flutuações, são seguidos por períodos mais calmos, com flutuações modestas.” 

Cointegração


Enquanto estava na UCSD com o colega Clive Granger, Engle ajudou a desenvolver técnicas de modelagem e teste para cointegração.
Na cointegração, duas ou mais séries temporais mostram uma relação ao longo do tempo algo semelhante à correlação entre as variáveis ​​transversais. A análise de cointegração é uma ferramenta que pode ser usada para ajudar a distinguir entre variáveis ​​que têm uma correlação espúria e aquelas que têm uma relação causal plausível.

Econometria Financeira  


Engle e outros estenderiam essas técnicas econométricas de séries temporais, junto com outras, para ajudar a encontrar uma nova abordagem para previsões financeiras, planejamento e gerenciamento de risco, que ficou conhecida como econometria financeira e finanças quantitativas.
Ele foi co-fundador, junto com Eric Ghysels, da Society for Financial Econometrics. Ferramentas como o modelo de precificação de ativos de capital, o modelo de valor em risco e a moderna teoria de portfólio se enquadram nessa área geral. Muito do financiamento quantitativo moderno deve sua origem às ferramentas que Engle e outros econometristas financeiros desenvolveram.