Fator Ícaro

Publicado por Javier Ricardo

Qual é o fator Ícaro?


O Fator Ícaro é um termo para o que acontece quando os líderes empresariais iniciam um projeto excessivamente ambicioso que não dá certo, prejudicando a saúde financeira da empresa.
Alimentados pelo entusiasmo pelo projeto, os executivos são incapazes de controlar seu entusiasmo equivocado antes que seja tarde demais para evitar o fracasso.


Principais vantagens

  • O Fator Ícaro é um termo para o que acontece quando os líderes empresariais iniciam um projeto excessivamente ambicioso que não dá certo, prejudicando a saúde financeira da empresa. 
  • O Fator Ícaro é visto principalmente quando as empresas investem em negócios que funcionam em modelos diferentes de suas linhas existentes.
  • A pressão de empresas concorrentes frequentemente leva as empresas a diversificar novas linhas antes que estejam prontas; se eles forem lançados prematuramente ou investidos em excesso, o Fator Ícaro os impede de se tornarem bem-sucedidos.

Compreendendo o Fator Ícaro


Na mitologia grega, Ícaro e seu pai, Dédalo, foram aprisionados em Creta pelo rei Minos.
Dédalo criou dois conjuntos de asas feitas de cera e penas. Ele e seu filho deveriam usá-los para escapar voando. Dédalo avisou seu filho para não voar muito perto do sol. Ícaro foi dominado pela emoção de voar e ignorou o aviso de seu pai. Ele voou mais alto e mais alto, se aproximando do sol. Quando a cera derreteu e as penas caíram, Ícaro caiu para a morte no que hoje é chamado de Mar Icariano, perto de Icaria, uma ilha a sudoeste de Samos.


O Fator Ícaro é visto principalmente quando as empresas investem em negócios que funcionam em modelos diferentes de suas linhas existentes.
À medida que gastam mais e mais dinheiro para tentar alcançar outras empresas já dominantes nesses campos, eles usam as reservas de caixa acumuladas por seu negócio principal. Essa drenagem, se não for feita de maneira adequada, às vezes pode ser fatal, causando danos irreparáveis ​​à empresa e à sua saúde financeira geral. 

O Fator Ícaro: Por que correr o risco?


É um mundo competitivo lá fora, com empresas diversificando suas linhas de produtos e serviços ou se fundindo com outras empresas.
Tudo isso pode ter um grande impacto no mercado e nos gostos e hábitos dos consumidores. E, ao assumir o risco, muitas empresas estão apenas tentando se manter à frente da concorrência.


É por isso que não é surpreendente que algumas empresas precipitem-se sobre um projeto, inovação ou qualquer outro tipo de investimento.
Mas, ao entrar nisso às cegas e tentar alcançar seu objetivo (e sem fazer a pesquisa adequada), os líderes de negócios podem acabar perdendo de vista fatores importantes como custos ou problemas futuros com o projeto. Tudo isso pode ter um grande impacto em outras partes do negócio ou na empresa como um todo. 

Exemplo de Fator Ícaro


Às vezes, uma empresa pode ficar tão cega por sua posição no mercado que pode se preparar para o fracasso.
A Kingfisher Airlines da Índia iniciou suas operações em 2005 como uma sociedade anônima e inicialmente tinha a segunda maior participação no mercado doméstico de viagens do país. A empresa era propriedade do United Breweries Group.


Seis meses depois de começar a voar, a empresa anunciou que lançaria uma oferta pública inicial (IPO) com o objetivo de levantar capital para expandir e possivelmente adquirir outras companhias aéreas.
Mas a empresa estava supostamente endividada e continuou a acumular prejuízos, apesar de adquirir outra companhia aérea menor em 2007 e se expandir para incluir voos da Índia para o Reino Unido em 2008. A empresa foi atormentada por problemas, incluindo a perda de slots de voos principais e funcionários protestando contra atrasos nos salários.