Por que as curvas de aprendizagem são importantes

Publicado por Javier Ricardo - 15 fevereiro, 2021

O que é uma curva de aprendizado?


Uma curva de aprendizado é um conceito que representa graficamente a relação entre o custo e a produção em um período de tempo definido, normalmente para representar a tarefa repetitiva de um funcionário ou trabalhador.
A curva de aprendizado foi descrita pela primeira vez pelo psicólogo Hermann Ebbinghaus em 1885 e é usada como uma forma de medir a eficiência da produção e prever custos.


Na representação visual de uma curva de aprendizado, uma inclinação mais acentuada indica que o aprendizado inicial se traduz em maior economia de custos e os aprendizados subsequentes resultam em economias de custos cada vez mais lentas e difíceis.


Principais vantagens

  • A curva de aprendizado é uma representação visual de quanto tempo leva para adquirir novas habilidades ou conhecimentos.
  • Nos negócios, a inclinação da curva de aprendizado representa a taxa em que o aprendizado de novas habilidades se traduz em economia de custos para a empresa.
  • Quanto mais íngreme for a inclinação da curva de aprendizado, maior será a economia de custo por unidade de produção.

Compreendendo as curvas de aprendizagem


A curva de aprendizado também é conhecida como curva de experiência, curva de custo, curva de eficiência ou curva de produtividade.
Isso ocorre porque a curva de aprendizado fornece medidas e insights sobre todos os aspectos acima de uma empresa. A ideia por trás disso é que qualquer funcionário, independente do cargo, leva tempo para aprender a realizar uma tarefa ou função específica. A quantidade de tempo necessária para produzir a saída associada é alta. Então, conforme a tarefa é repetida, o funcionário aprende como concluí-la rapidamente, o que reduz a quantidade de tempo necessária para uma unidade de produção.


É por isso que a curva de aprendizado é inclinada para baixo no início com uma inclinação plana em direção ao final, com o custo por unidade representado no eixo Y e a produção total no eixo X.
À medida que o aprendizado aumenta, ele diminui o custo por unidade de produção inicialmente antes de se nivelar, pois se torna mais difícil aumentar as eficiências obtidas com o aprendizado.

Benefícios de usar a curva de aprendizagem


As empresas sabem quanto um funcionário ganha por hora e podem derivar o custo de produção de uma única unidade de produção com base no número de horas necessárias.
Um funcionário bem colocado e preparado para o sucesso deve diminuir os custos da empresa por unidade de produção ao longo do tempo. As empresas podem usar a curva de aprendizado para conduzir o planejamento da produção, previsão de custos e cronogramas de logística.

A curva de aprendizado faz um bom trabalho ao descrever o custo por unidade de produção ao longo do tempo.


A inclinação da curva de aprendizado representa a taxa em que o aprendizado se traduz em economia de custos para uma empresa.
Quanto mais íngreme a inclinação, maior a economia de custo por unidade de produção. Essa curva de aprendizado padrão é conhecida como curva de aprendizado de 80%. Mostra que, para cada duplicação da produção de uma empresa, o custo da nova produção é 80% da produção anterior. À medida que a produção aumenta, fica cada vez mais difícil dobrar a produção anterior de uma empresa, representada pela inclinação da curva, o que significa que a redução de custos diminui ao longo do tempo.